Paróquia N. Sra. do Rosário – Canumã

Distrito de Canumã/Borba-AM

Endereço: Rua Nossa Senhora do Rosário-Centro.

Antiga Matriz.

Capela mais antiga do Distrito.

CONTEXTO HISTÓRICO DA PARÓQUIA DE CANUMÃ

No que se pode encontrar nos registros da secretaria da Paróquia é que a paróquia de canumã foi re-eregida no dia 14 de Dezembro de 1994, pelo nosso saudoso Bispo D. José Afonso Ribeiro e o nosso saudoso Pe. Padre Maria Gawlik. Mas podemos sim, relatar um pouco da história dessa caminhada de Fé do povo desse querido torrão que se chama Canumã.

Nos anos 50, vivia na Foz de Canumã, umas 15 famílias, um senhor conhecido como Ponciano, apesar de sua cegueira e muito respeitado por sua profunda religiosidade, fundou uma Irmandade para angariar meios, pois queria que a nova comunidade tivesse uma capela própria. Presidente da Irmandade era o Sr. Francisco Barreto, cujas netas vivem entre nós. A capela surgiu realmente surgiu realmente, em 1958, feita de madeira, com a imagem de N. Sra. do Rosário.

Um ano mais tarde, o Pe. Bento, incansável vigário de Borba, trouxe a linda estátua de N. Sra. de Fátima que atualmente está na capela da praça. Então o povo começou a rezar a “Nossa Senhora do Rosário de Fátima”. O lindo hino que desde então é cantado, parece da autoria do Pe. Bento.

Então ficou marcado que a festa fosse realizada no mês de Julho, no dia da festa, muitas pessoas chegavam, principalmente pescadores de várias localidades, mas um fato climático atrapalhava a festa da padroeira, nesse mês sempre chove bastante, então o povo trocou a data para o mês de maio.
Três anos depois, aos 15 de abril de 1961 é criado o Município de Canumã, pelo governo de Plínio Coelho. O 1º Prefeito, Snt. Francisco Correa de Araújo. Porém sua glória foi curta: em 1964 o Governo Militar resolveu extinguir os Micro-Municípios. Com a teimosia que é marca registrada dos pobres do Amazonas, Canumã continuou crescendo. Virou uma linda sede de Distrito. Em 1984, o então prefeito Edivar Souza realizou o sonho do sr. Ponciano, pouco antes chamado ao Pai Celeste, e construiu a igrejinha de alvenaria que, junto à imagem doada pelo Pe. Bento, se tornou o símbolo do aconchego, do sossego e da beleza desse querido torrão do Amazonas, escondido na floresta virgem!

Aos 6 de Janeiro de 1992, Dia de Reis, outra novidade: D. José, acompanhado por vários padres da Prelazia, apresenta aos canumaenses o novo pároco: Pe. Pedro Maria Gawlik. Começa uma intensiva atividade religiosa e cívica. Dois anos mais tarde, aos 14 de dezembro de 1994, todos os padre e irmãs da Prelazia juntam-se em Canumã para a primeira Missa solene na nova Matriz, construída pelo Pe. Pedro, trazendo a imagem que doravante será meta de peregrinação: lindíssima estátua de N. Sra. do Rosário, Padroeira da Paróquia que neste dia fica oficialmente re-erguida. Nem a chuva contínua nem a falta de luz na vila puderam empanar o brilho daquele dia muito importante o povo de Canumã!

Já em fins de 1996, desta vez no dia 15 de dezembro, outra corrida geral a Canumã: foi o dia da solene Consagração da Matriz. Todos concordam que foi um dos dias mais lindos e felizes de toda a história da vila! Neste mesmo ano o Sr. Norival Bassamin estava construindo, no local do antigo colégio dos jesuítas a Escola Agrícola Santa, que foi a modesta colaboração da paróquia para que, finalmente, os jovens soubessem aproveitar-se das riquezas da região e consigam uma vida digna de cidadão.

Os anos passaram e paróquia caminha… Pe. Pedro ficou como nosso pároco por mais de 17 anos, em seguida, tivemos a chegada do Pe. Ramiro que ficou conosco por mais 6 anos, depois ficamos quase 2 anos sem pároco e o Conselho Paroquial conduziu a paróquia nesses anos juntamente com a ajuda dos padres e irmãs da Paróquia de nova Olinda do Norte, nesse tempo o Bispo D. Eloi conseguiu um Diácono da Arquidiocese de Manaus para ficar a frente da paróquia, (Diácono Sebastião) ele ficou somente 3 meses na paróquia de Canumã, ano sequente veio o Pe. Manoel Santana empossado pelo nosso atual Bispo D. Zenildo que também ficou por dois anos, pois teve que se ausentar por motivo de doença, daí em diante, até a data de 07 de outubro de 2020 esteve conosco novamente o Pe. Ramiro como pároco de Canumã.

Atualmente, especificamente dia 21 de novembro de 2020, tomou posse como Administradores da Paróquia Três Irmãs Franciscana de Nossa Senhora de Aparecida, são elas: Irmã Elsa, Irmã Silvana e Irmã Girlane.

Mas também queremos reforçar o trabalho que D. Zenildo vem desempenhando para a caminhada missionária desta Paróquia, a preocupação é tanta que D. Zenildo fundou uma escola Diaconal Permanente na Prelazia de Borba para ajudar suas paróquias no serviço da evangelização, principalmente o povo de comunidades ribeirinhas e indígenas. De nossa paróquia estão se preparando 4 pais de família para essa missão. Que o Todo-poderoso e Nossa senhora do Rosário abençoe os avanços da paróquia de Canumã.

Marcos de Almeida Lemos
Coordenador Pastoral Paroquial
Paróquia Nossa Senhora do Rosário
Distrito de Canumã/Borba – AM

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Posts Relacionados

Nos Envia uma Notícia